Cisco Fabric Extenders

O Cisco Nexus 2000 Series Fabric Extender atua como modulo remoto de I/O para os Switches Cisco Nexus 7000 e 5000. Os “switches” Cisco Nexus 2000 não foram concebidos para a utilização no modo standalone e funcionam como linecards remotas que são gerenciadas por Switches “principais” (parent Switch)  como os modelos citados acima.

O principal objetivo é a combinação das vantagens do design de  Switches ToR (Top-of-Rack) e EoR(End-of-Rack). Criando um chassis virtualizado e estendido pelo data center.

É sugerido uma dupla redundância dos Nexus 2000 Fabric Extender no topo de cada rack. As portas de uplink no Nexus 2000 são conectadas a um Cisco Nexus 5000 ou em um Cisco Nexus 7000 que deverão ser instalados na posição EoR.

Do ponto de vista de cabeamento, este projeto Fabric Extender é um projeto ToR. O cabeamento entre os servidores e o Nexus 2000 será contido dentro do rack. Apenas um número limitado de cabos precisa ser passados entre os racks para apoiar as conexões 10Gb do Nexus 2000 e os Switches Nexus na posição EoR.

Os Fabric Extenders (FEXs) atuam como módulo de I/O remoto para os switches Nexus, o que significa que as portas no Nexus 2000 atuam como portas do switch principal. Na topologia de rede lógica, os FEXs desaparecem, e todos os servidores aparece como diretamente conectado ao switch Cisco Nexus. Do ponto de vista de operações de rede, este projeto tem a simplicidade de um Switch design EoR.

Toda a tarefa de configuração é realizadas nos switches EoR. Não há nenhuma tarefa de manutenção ou de configuração de software que são associadas aos FEXs.

Existem três modelos de implantação que são usados ​​para configurar o Nexus 2000 Fabric Extender junto com os Switches Cisco Nexus 5000 e 7000, com dois métodos  de configuração para os FEXs:

– Static pinning
–  Portchannels

Embora estas são um pouco diferenciada em alguns dos documentos. A principal diferença é que a pinagem estática usa interfaces físicas , enquanto EtherChannel usa uma única interface Port-Channel .

  • Straight-through, with static pinning: no modelo straight-through cada FEX é conectado a um único switch Cisco Nexus. O único switch onde o FEX é conectado, gerencia exclusivamente a porta daquele FEX. O Static pinning significa que cada porta dos servidores conectados no FEX são estaticamente vinculado a um dos uplinks entre a FEX e Switch. O tráfego “de” e “para” do servidor específico sempre usa o mesmo uplink.
  • Straight-through, with dynamic pinning: Este modelo de implantação também usa o modelo de conexão direto entre os FEXs e os switches. No entanto, não há nenhum mapeamento estático entre a porta do servidor (downlink) e a porta de uplink. A porta entre a FEX e o Switch são agregadas em um Port Channel e o tráfego é distribuído entre os uplinks que são baseados no mecanismo de hashing do PortChannel.
  • Active-Active FEX using VPC: Nesse modelo de implantação, o FEX possui dupla abordagem (dual-homed) para dois switches Cisco Nexus, a feature vPC é usada na ligação entre o FEX eo par de switches. O Tráfego é encaminhado entre o FEX e os switches são baseados no mecanismo de encaminhamento do vPC.

Configurando FEX no modo straigh-through dynamic pinning.

 

NexusA# show fex 119
FEX: 119 Description: FEX 119, Rack 5   state: Online
  FEX version: 5.1(3)N2(1) [Switch version: 5.1(3)N2(1)]
  Extender Model: N2K-C2232PP-10GE,  Part No: 73-12533-06
  Pinning-mode: static    Max-links: 1
  Fabric port for control traffic: Eth1/2
[output omitido]
  Fabric interface state:
    Po119 - Interface Up. State: Active
    Eth1/1 - Interface Up. State: Active
    Eth1/2 - Interface Up. State: Active

NexusA# show interface port-channel 119 brief
--------------------------------------------------------------------------------
Port-channel VLAN    Type Mode   Status  Reason                Speed   Protocol    Interface
--------------------------------------------------------------------------------
Po119        1       eth  fabric up      none                  a-10G(D)  none


NexusA # show interface fex-fabric
     Fabric      Fabric       Fex                FEX
Fex  Port      Port State    Uplink    Model                        Serial
---------------------------------------------------------------
119    Eth1/1        Active     1         N2K-C2232PP-10GE  1234567890
119    Eth1/2        Active     2         N2K-C2232PP-10GE  1234567890

NexusA# show interface port-channel 119 fex-intf
Fabric FEX
Interface Interfaces
---------------------------------------------------
Po119 Eth119/1/48 Eth119/1/47 Eth119/1/46 Eth119/1/45
Eth119/1/44 Eth119/1/43 Eth119/1/42 Eth119/1/41
Eth119/1/40 Eth119/1/39 Eth119/1/38 Eth119/1/37
Eth119/1/36 Eth119/1/35 Eth119/1/34 Eth119/1/33
Eth119/1/32 Eth119/1/31 Eth119/1/30 Eth119/1/29
Eth119/1/28 Eth119/1/27 Eth119/1/26 Eth119/1/25
Eth119/1/24 Eth119/1/23 Eth119/1/22 Eth119/1/21
Eth119/1/20 Eth119/1/19 Eth119/1/18 Eth119/1/17
Eth119/1/16 Eth119/1/15 Eth119/1/14 Eth119/1/13
Eth119/1/12 Eth119/1/11 Eth119/1/10 Eth119/1/9
Eth119/1/8 Eth119/1/7 Eth119/1/6 Eth119/1/5
Eth119/1/4 Eth119/1/3 Eth119/1/2 Eth119/1/1

Referências:

Data Center Virtualization Fundamentals – Cisco Press 2014 – Gustavo A.A. Santana
Cisco Data Center System Introduction
http://www.cciezone.com/?p=231
http://routing-bits.com/2012/05/16/what-is-a-fabric-extender/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *